Cuidados Estéticos Durante a Gravidez

15/10/2015

gestante07Embora a gravidez seja uma das experiências mais fantásticas que uma mulher pode vivenciar, infelizmente nem tudo é um mar de rosas durante os meses que antecedem o parto. Durante a gestação, o corpo passa por diversas transformações e alterações e muitas delas podem se tornar motivo de desconforto para as futuras mamães. A boa notícia é que hoje, com as facilidades que o mercado de saúde estética nos proporciona, já é possível unir maternidade, bem-estar, saúde e beleza. E é nesse momento que o auxílio e acompanhamento de um profissional bem capacitado, que oriente e incentive a gestante em cada cuidado estético, pode fazer a diferença para evitar ou diminuir algumas alterações como estrias, flacidez, manchas, entre outras.

Os níveis de hormônios, por exemplo, sofrem oscilações e, com isso, surgem alterações cutâneas, como a celulite, decorrente da maior retenção hídrica, e as estrias, devido ao aumento no nível do hormônio cortisol. O objetivo do profissional de saúde estética é sempre de prevenção, orientando os cuidados necessários para manter a beleza e autoestima, estando sempre atento às condições de saúde de sua cliente e solicitando que a mesma esteja devidamente liberada por seu médico obstetra.

É importante reforçar que no período gestacional o objetivo não é fazer nenhum protocolo estético para obter resultados como diminuição de medidas, por exemplo. A ideia é amenizar os efeitos inestéticos deste período e proporcionar alívio, relaxamento e hidratação. Dessa forma, os principais benefícios são: ausência de edemas nos pés e tornozelos; prevenção de estrias no abdômen, laterais dos ilíacos, das coxas e nos glúteos; controle da celulite e gordura localizada; melhora na qualidade do tecido do complexo auréolo-mamilar, para facilitar a amamentação; conforto na região lombossacra; melhoria na qualidade do sono e valorização da autoestima.

Mas, antes de começar os cuidados preventivos em cabine, o profissional deve sempre observar:
– Liberação do médico obstetra
– Verificar antecedentes de alergias ou pré-disposição a reações de sensibilização
– Checar os ativos cosméticos que podem ser utilizados em gestantes
– Oferecer protocolos e técnicas apropriadas, visando o conforto e bem-estar da cliente
– Buscar bases biocompatíveis, livres de óleo mineral, parabenos, propilenoglicol e conservantes liberadores de formol, mais seguros e que evitam tamponamento dos óstios, principalmente nessa fase que a pele está mais oleosa e reativa.

Livro-Gestante

Uma dica para o profissional que deseja se diferenciar é investir em protocolos de bem-estar em locais com ambientação especialmente preparada, com música relaxante (de preferência de ninar), almofada, toalha, lençol, bolsa térmica, temperatura agradável, aromas envolventes, gourmeterapias, etc. Essa e muitas outras dicas você encontra no livro Gestantes: cuidados estéticos durante a gravidez, de Isabel Piatti, que acompanha inclusive um DVD com vídeo protocolos. Um pacote completo de dicas para você que atua na área ou que pretende oferecer esse tipo de atendimento.

Aumente ainda a segurança para sua cliente utilizando produtos com bases biocompatíveis, sem óleo mineral, parafina, parabenos, propilenoglicol e conservantes liberadores de formol. E lembre-se de sempre orientar sua cliente para uma manutenção diária de beleza com os produtos adequados indicados para gestantes, além de roupas e calçados confortáveis, alimentação balanceada, ingestão abundante de água, oito horas diárias de sono e rotina prazerosa, o que também contribuirá para tornar a gravidez um período mais agradável para ela e para o bebê.