10 tabus masculinos para quebrar já! (o 9 é importantíssimo)

10/11/2015

vaidade-masculina-buona-vita

Uma coisa é certa no mundo da beleza: um pouco de vaidade não faz mal a ninguém! Há pouquíssimo tempo considerada “coisa de mulher”, a vaidade tem figurado cada vez mais no universo masculino. E para aqueles que dizem que cuidar da beleza é coisa de homossexual, dizemos o seguinte, “sabe de nada, inocente”!

Se preocupar com a beleza, além da aparência, tem a ver com a saúde também. Quem aí não conhece um, ou vários, homens que enchem a boca para falar que é macho e por isso não liga para estética? O que eles não sabem é que manter cuidados diários contribui para melhorar a saúde física e mental e o bem-estar.

Listamos abaixo dez tabus que grande parte do público masculino tem e que achamos, literalmente, nada a ver!

  1. Fazer as unhas

Unhas roídas, mal cuidadas e pele ressecada não são sinais de masculinidade, ein?! Mantenha suas unhas sempre bem cortadas e hidrate mãos e pés diariamente. Procure cuidar das unhas com uma manicure, que vai saber a forma correta de cortar e tirar aquelas pelezinhas que insistem em arrepiar.  Hoje, já existem produtos e espaços voltados especificamente para o público masculino. Além disso, preste a atenção na aparência das unhas, elas podem indicar como vai a sua saúde. Se estiverem amareladas ou com manchas, consulte um dermatologista para avaliar o problema.

  1. Cuidar da pele

Homem que é homem mantém a pele sempre limpa e hidratada! Ninguém merece aquele cotovelo cascudo, ou o rosto todo descamando ou ainda o lábio descascado, não é? Procure produtos específicos para o seu tipo de pele para hidratar e não aumentar a oleosidade que, por conta da testosterona, é mais comum na pele masculina, aumentando a tendência de produzir sebo e, consequentemente, a acne. Por isso, visitas ao esteticista para limpezas de pele e peeling são muito indicados, além de atentar para a limpeza diária com sabonetes específicos. Nossas indicações são os sabonetes Bio White ou o Líquido de Erva Doce, que ajudam a diminuir a oleosidade da pele e desobstruir os poros. Mas atenção, lavar o rosto excessivamente, várias vezes ao dia, também pode prejudicar por tirar a proteção da pele. Além disso, use hidratantes labiais e beba muita água, que vai ajudar a eliminar toxinas e aumentar a hidratação.

  1. Estrias e celulite

Apesar de terem a composição do organismo diferente das mulheres, os homens não estão livres das estrias e celulites, que aparecem por conta do crescimento e de oscilações de peso. Caso este seja o seu problema, não hesite em visitar uma clínica de estética. Um profissional capacitado poderá fazer o tratamento correto, que vai amenizar o problema. Para prevenir, mantenha uma alimentação saudável, livre de gorduras, refrigerantes e produtos industrializados e pratique atividades físicas regulares.

  1. Usar maquiagem

Sim. Homem também pode usar maquiagem! Assim como as mulheres, muitos homens sofrem com espinhas, manchas, poros dilatados e olheiras. Alguns não conseguem evitar, principalmente na fase da adolescência, por alterações hormonais, e preferem camuflar o problema com uma base ou corretivo para aumentar a autoestima. Uma boa dica é escolher produtos que tratam ao mesmo tempo em que disfarçam as imperfeições, como o Hidra Sun Progress, por exemplo. Este produto segue o conceito do BB Cream, que hidrata, protege e tonaliza. Além disso, possui ativos anti-inflamatórios, cicatrizantes, calmantes e regeneradores da pele. Se o problema for olheira, nossa dica é o Creme Área dos olhos, que combate as olheiras, o envelhecimento e hidrata a região abaixo dos olhos. Com ele dá pra dispensar a maquiagem!

  1. Protetor solar

Não abra mão do protetor solar, e isso não é frescura! Eles protegem a sua pele dos raios nocivos do sol, que além de manchas e queimaduras podem causar câncer! Use sem moderação, diariamente e mesmo quando o tempo estiver nublado. Sabia que os raios UV (ultravioleta) estão presentes mesmo em ambientes fechados, como dentro do seu escritório, por exemplo? Uma ótima dica é o Hidra Milk Sun , que é oil free, pode ser usado em peles oleosas e acneicas e é superindicado para o uso durante as práticas esportivas ao ar livre!

  1. Depilação

Depilação não é mais exclusiva para mulheres. Para os peludos que querem ficar pelados, existem várias opções. Tem a egípcia, com linha, com cera, a definitiva e as maquininhas elétricas. Evite a lâmina para o corpo, pois além de se cortar, você pode ficar com a pele irritada. O público masculino aumentou consideravelmente nas clínicas e centros de depilação nos últimos anos e, entre as regiões mais tratadas estão: costas, peito, axila e virilha, além das sobrancelhas, claro. Tudo bem se você não quiser depilar o corpo, mas os pelos do nariz e das orelhas merecem uma atenção especial. Nada de sair por aí com aqueles pelos compridos que se juntam com o cabelo ou com o bigode!

  1. Redução de medidas

Aquela barriguinha muitas vezes não é de chope! A gordura localizada, geralmente abaixo ou ao redor do umbigo, tem ligação direta com os hormônios masculinos. O excesso calórico se acumula nesses locais e origina a gordura localizada que vemos por aí. Além dos exercícios físicos regulares, quem se incomodar com ela pode recorrer aos tratamentos liporredutores, que devem ser feitos por profissionais e com produtos específicos para isso, como os redutores de gordura masculina, por exemplo. Se a sua barriga for muito dura ou redonda, merece uma atenção especial. Ela pode indicar doenças mais sérias que precisam de acompanhamento médico.

  1. Cirurgias plásticas

Cada vez mais os homens, de todas as idades, querem se submeter a cirurgias plásticas por razões estéticas. Dentre os procedimentos escolhidos pelos homens estão as plásticas no nariz, lifting facial, abdominoplastia, para diminuir as medidas do abdômen e o Botox, para preencher algumas ruguinhas do rosto. Não há nada de errado em fazer esses procedimentos para melhorar a autoconfiança e a autoestima, mas saiba que os cuidados pós-cirúrgicos são essenciais. Evitar exercícios físicos nas primeiras semanas, não fumar, alimentar-se de forma balanceada, repousar e fazer sessões de drenagem linfática são aliados na boa recuperação. Sempre siga as orientações do seu médico para evitar complicações!

  1. Doenças de próstata

Seja macho e faça consultas regulares com um médico urologista a partir dos 40 anos de idade. A prevenção e a descoberta prematura do câncer de próstata são os melhores remédios. Os exames não são nada perto da 2ª doença que mais mata no Brasil. Isso mesmo, o câncer de próstata só perde para o de pele. Isso porque a maioria dos pacientes só descobre a doença quando ela já está em fase avançada. Sabia que as chances de cura são de 95% quando a doença é descoberta no início? Além do câncer, a hiperplasia de próstata, que pode obstruir o canal da urina e causar infecções de bexiga e cálculos renais e a prostatite, que é a inflamação da próstata são doenças que podem ser prevenidas ou tratadas precocemente para evitar maiores complicações.

  1. Calvície

Das alterações estéticas, a que mais incomoda a maioria dos homens é a queda de cabelo. Por questões hormonais e alterações genéticas eles são mais propensos à calvície do que as mulheres, mas algumas medidas podem ser tomadas para diminuir o problema. Você pode começar com Nutricosméticos, por exemplo. O Forty Men, entre outros benefícios, modula o metabolismo, auxilia o equilíbrio hormonal, melhora a função intestinal, promove proteção antioxidante e previne a queda de cabelo de origem hormonal. Aliado a isso, tratamentos com produtos que possuem a tecnologia dos Fatores de Crescimento e o microagulhamento ajudam a estimular o crescimento capilar. O transplante capilar também é uma opção para quem quer voltar a ter um cabelo mais cheio, a parte ruim é que é uma pequena cirurgia, que envolve anestesia e cuidados pré e pós-operatórios. Lembre-se que o estresse excessivo também causa a queda de cabelo, por isso, relaxe e mantenha uma vida leve e saudável. Se o problema for irreversível, assuma a careca e deixe crescer a barba!

E então, homarada, vamos cuidar da beleza e da saúde?