Agosto Azul – um mês de atenção à saúde do homem

02/08/2016

agosto_azulTodos nós sabemos que a saúde como um todo merece atenção especial o ano inteiro. Se algo incomoda, nunca deve ser deixado de lado. Além disso, há os exames de rotina e check-ups que devem ser feitos de tempo em tempo, mesmo que aparentemente tudo esteja em ordem. Mas, na correria do dia a dia, trabalho, vida familiar, é comum que muitos de nós acabem se esquecendo de dedicar cuidado à própria saúde, por isso são criadas campanhas de incentivo para nos lembrar o quanto devemos nos preocupar com nós mesmos.

E nosso alerta de hoje vai em especial para os homens e a importância dos cuidados com a saúde masculina. Esse assunto do nosso post surgiu a partir de uma campanha realizada pelo governo do Estado do Paraná que, pelo 5º ano consecutivo, lança ações específicas com foco na saúde do homem, promovidas durante todo o mês de agosto, em parceria com diversas entidades que trabalham juntas com um mesmo objetivo: alertar os homens sobre a necessidade de dar mais atenção à sua saúde. A campanha foi instituída no Paraná em 2012, com a promulgação da Lei 17.099, estabelecendo o Agosto Azul como mês dedicado à promoção de ações que visem a integridade da saúde do homem, reforçando à necessidade de mobilizar entidades públicas e privadas em torno da causa, da mesma forma que acontece com o Outubro Rosa, que abrange a prevenção do câncer de mama.

agosto azulO lançamento oficial da edição de 2016 no Estado foi ontem, dia 1º, com o tema: “Trabalhador! Passe um tempo com você”. Embora a campanha tenha foco no Paraná, sabemos da importância de levar essa informação para todos os cantos do Brasil. Se você é homem, ou tem um homem na família, vale a pena dar o alerta para essa pessoa. Tudo isso porque existe aquela “fama” de que, geralmente, o homem não tem tanto o hábito de se cuidar quanto à mulher, buscando atendimento médico somente quando fica evidente algum sintoma mais grave. Além disso, há pesquisas levando em conta moradores do Paraná que mostram que as mulheres vivem em média até sete anos a mais que os homens, índice que pode ser semelhante também aí na região em que você mora. Entre os motivos estariam fatores que vão desde a violência, mas também o alto índice de mortes masculinas decorrentes de doenças cardiovasculares, cuja probabilidade de incidência é maior em pessoas sedentárias e com maus hábitos alimentares.

Se você mora no Paraná, fique de olho na programação de seu município, pois entre as atividades estão previstas avaliações médicas, solicitação de exames, avaliação de saúde bucal, verificação carteira de vacinas, avaliação antropométrica, além de diversas palestras. Os interessados em participar devem procurar a Unidade de Saúde mais próximas para saber mais detalhes.

E se você reside em outro Estado, que tal procurar a Unidade de Saúde, mesmo sem uma campanha específica? Ou então seu médico particular, para fazer uma avaliação e colocar os exames em dia?

#ficaadica. Sua saúde vale ouro!

Fonte: http://www.saude.pr.gov.br/
http://www.escoladesaude.pr.gov.br/
www.bemparana.com.br

Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis. 

  • Onde posso encontrar mais informações sobre a campanha?

    • Boa tarde Enzo,
      o Agosto Azul é uma Campanha Nacional para a conscientização e a importância dos cuidados com a saúde masculina!
      Por isso não se trata de uma campanha exclusiva de nenhuma marca, e nem governamental, é uma campanha “geral” . Você pode saber mais acessando sites de notícias da área, ou até o site de algumas prefeituras por ex o do Governo do Estado do Paraná (http://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=3003)
      Obrigado

  • Excelente postagem.Me agregou bastante.valeu pena!

  • Muito interessante a matéria, parabéns