Aumente o volume dos cabelos e a sua autoestima

02/02/2017

Muitas pessoas até se preocupam em escolher um bom xampu, condicionar e cremes dos mais variados para cuidar dos cabelos, mas esquecem que a saúde dos fios também pode ser uma questão tratada pela área de saúde estética. A queda de cabelo é uma das queixas mais comuns em relação às alterações inestéticas capilares, mas há também os relatos de quem se incomode com outros danos como falta de brilho, hidratação, resistência, quebra, fios finos e sem vida, afinal, a aparência dos cabelos desempenha um papel importante na imagem corporal e de grande influência inclusive na autoestima da pessoa.

Por isso, qualquer tipo de alteração pode afetar não só a estética mas também aspectos psicológicos, como autoconfiança. A boa notícia é que a área da saúde estética oferece recursos específicos para tratar essas alterações. O uso de cosméticos com Fatores de Crescimento, por exemplo, aliado à ingestão de nutricosméticos e à aplicação de microagulhamento para estimulação capilar podem ser associados com bons resultados no tratamento de calvície (alopécia androgenética/perda de cabelo).

Para ajudar a promover estímulo capilar nos tratamentos de queda de cabelo é necessário fazer uma avaliação precisa e detalhada de cada situação, pois os casos de alopécia / calvície podem ter suas causas ligadas a diferentes fatores, desde genéticos mas também epigenéticos, em que há a influência do meio. Entre essas razões estão as hormonais, nutricionais e até mesmo emocionais, entre outras. No entanto, é preciso reforçar que o crescimento do novo fio só é possível quando não ocorreu dano definitivo à matriz capilar. Embora seja mais comum entre os homens, a alopécia também pode se manifestar nas mulheres, também chamada de calvície feminina.

Nutricosméticos
O tratamento “In” de estímulo capilar pode ser feito por todos aqueles que desejam prevenir danos aos fios de cabelo, a partir da ingestão de nutricosméticos que reúnam nutrientes que visam o fortalecimento, proteção e recuperação dos fios, promovendo fios mais grossos, na cor natural e couro cabeludo menos oleoso. Um exemplo é o Keep Cap, da Buona Vita (http://www.buonavita.com.br/keep-cap-30g/p ) que reúne Vitamina A, C, E, B1 (nitrato de tiamina), B2 (riboflavina), B6 (cloridrato de piridoxina), B7 (biotina), colágeno hidrolisado, bisglicinato de zinco, ácido ortossilícico e ácido fólico.

É importante que esses componentes estejam associados na formulação, pois vão atuar em sinergia para prevenir e reduzir a queda dos fios, recuperar cabelos danificados, modular a secreção sebácea no couro cabeludo, melhorar a síntese de queratina e promover aumento do diâmetro do fio, além de prevenir o branqueamento (despigmentação) precoce, já que promovem o fortalecimento do sistema imunológico e o equilíbrio nutricional do organismo.

Para os casos de queda de cabelo (alopécia), junto ao uso dos nutricosméticos pode ser associado o tratamento com um profissional de saúde estética, com sessões de microagulhamento e uso tópico de cosméticos contendo Fatores de Crescimento. Veja como funciona.

Microagulhamento

Consiste em um estímulo sobre a pele, gerado através de microagulhas, realizado geralmente com um equipamento em forma de cilindro contendo as microagulhas, conhecido como dermaroller. Pode ser realizado nos centros estéticos, desde que por profissionais especializados.

Além do estímulo fisiológico, as micropunturas dão origem a múltiplos microcanais que têm como objetivo melhorar a penetração de ativos cosméticos que devem ser aplicados na sequência, em especial os cosméticos com Fatores de Crescimento. Estudos mostram que o microagulhamento pode aumentar em até 40 vezes a absorção cosmética. Porém é importante associar o tratamento somente aos cosméticos com Bases Biocompatíveis, livres de substâncias passíveis de causar irritabilidade, pois durante o procedimento a barreira protetora da pele é rompida, exigindo o máximo de cuidado com o que vai ser aplicado.

Fatores de Crescimento
Fatores de crescimento são moléculas proteicas que atuam em mecanismos de cicatrização e reparo do tecido, sendo fundamentais para proteção, manutenção da integridade da pele e regulação de tecidos normais. Cada Fator terá um tipo de atuação:

CG-EGF (Fator de Crescimento Epidermal): promove turnover celular, acelera a renovação da epiderme, reduz e previne linhas e rugas, devolve a uniformidade no tom da pele e promove vitalidade e energia.
– CG-IGF (Fator de Crescimento Insulínico): reduz e previne linhas e rugas, aumenta os níveis de colágeno e elastina e reduz manchas avermelhadas. Fortalece os cabelos enquanto estimula os folículos a produzirem fios mais densos e fortes.
– CG-VEGF (Fator de Crescimento Vascular): estimula a angiogênese (produção de novos capilares sanguíneos) melhorando a irrigação tecidual, e o crescimento capilar por facilitar a nutrição do folículo.
– CG-bFGF (Fator de Crescimento Fibroblástico básico): estimula os fibroblastos, induzindo a síntese de colágeno e elastina; previne e reduz linhas e rugas e repara cicatrizes.

Estudo de caso 
Um voluntário do sexo masculino, 53 anos, diagnosticado com alopécia androgenética manifestada com mais intensidade a partir dos 40 anos, foi submetido a um estudo de caso com aplicação de sessões de microagulhamento associadas ao uso tópico dos Fatores de Crescimento e uso oral de nutricosmético específico para estímulo capilar.

O protocolo consistiu em sessões de microagulhamento e sessões de Fatores de Crescimento, 2 vezes na semana, sendo uma aplicação de microagulhamento seguida da aplicação do Ionto Bio Factor e Ionto Bio Skin, ambos da Buona Vita, e outra somente com os Iontos. As fotos mostram os resultados de 2 meses de tratamento.

ANTES – Região PARIETAL
2948 folículos capilares
DEPOIS – Região PARIETAL
5227 folículos capilares
ANTES – região FRONTAL
1641 folículos capilares
DEPOIS – região FRONTAL
3454 folículos capilares

Estudo de caso realizado pelo CIA – Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas (www.ciabv.com.br)

Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis.