Máscara de argila para cabelos oleosos

16/02/2017

Cabelos com aspecto pesado, fios com aquela sensação gordurosa e “ensebada”, pesados, sem volume, e couro cabeludo sofrendo com o excesso de oleosidade produzida. Se você sofre com esse problema, saiba que a estética pode ser sua aliada com um tratamento simples, porém milenar e de grande efetividade: máscara de argila.

O uso das argilas em tratamentos medicinais, terapêuticos e estéticos é tido como um dos recursos mais antigos ainda em uso na área de saúde estética, com adeptos fiéis e sempre em alta. Ricas em nutrientes, elas trazem uma lista extensa de benefícios, podendo ser associadas a diferentes tratamentos estéticos, inclusive o do couro cabeludo para aqueles que sofrem com os cabelos oleosos, sendo indicadas inclusive para controlar os sinais e sintomas da dermatite seborreica capilar.

O primeiro ponto a ser observado é que as argilas devem ser verdadeiramente naturais, ou seja, dar preferência à versão em pó em vez da pastosa (aquelas que já vêm diluídas e prontas para a aplicação). Esse é o nosso verdadeiro “pó mágico”. Embora a princípio as pastosas pareçam mais práticas para o uso, por conterem água na composição, as argilas vendidas nesse formato obrigatoriamente levam conservantes, o que tira um dos princípios mais importantes do uso das argilas, que é sua naturalidade, mantido integralmente nas versões em pó, sem conservantes. Muitas argilas também são classificadas em cores, mas é importante analisar se essa é uma característica natural de seus componentes, e não apenas corantes artificiais adicionados às mesmas e que também vão descaracterizar sua naturalidade.

Por ser um componente de origem mineral, coletada diretamente do solo, seu principal e mais abundante componente é o alumínio (silicato de alumínio – depurativo, desintoxicante, cicatrizante e descongestionante), além de oligoelementos, silícios orgânicos, e outros componentes que podem estar presentes, como titânio, cobre, magnésio, zinco, cálcio, potássio, manganês, sódio, ferro, etc, abundantes na natureza. Dependendo da sua finalidade, ela pode ainda ser enriquecida, para potencializar os efeitos e resultados estéticos.

A argila indicada para uso capilar no tratamento do couro cabeludo e dos cabelos oleosos é a mesma utilizada para o tratamento de peles oleosas e acneicas, que traz uma composição equilibrada e adequada de oligoelementos, além de ser enriquecida com carvão vegetal ativado (secativo, regulador da seborreia e depurativo). Esse carvão vegetal é o mesmo tipo de substância utilizada em filtros de água, justamente pela propriedade de purificação, que aumenta o poder dermopurificante da argila, o que a torna ideal para o uso em peles acneicas, oleosas e nos tratamentos capilares (cabelos seborreicos), além de peles desvitalizadas e desidratadas. É ou não é mesmo nosso verdadeiro pó mágico?

E acreditem, ainda é possível potencializar todas essas maravilhas que a argila oferece. Basta para isso associar ao pó da argila uma água termal no momento do preparo da máscara. Além de ajudar a emulsionar, irá melhorar os efeitos devido à altíssima concentração de oligoelementos como sódio, magnésio, zinco e manganês, minerais presentes nas águas termais.

O melhor e mais indicado é procurar um profissional de saúde estética para uma avaliação mais precisa. A partir dessa orientação, a aplicação pode ser feita pela própria pessoa, em casa, em um intervalo de três vezes por semana ou a cada três dias ou, ainda, conforme recomendação do profissional. A máscara de argila deve ser aplicada no couro cabeludo seco, com a ajuda de uma espátula ou acessório apropriado, ou com a mão, esfregando suavemente (se optar pelo uso do pincel, observe a liberação da Anvisa para uso em cabine na sua cidade e fique atento a todas as normas de biossegurança).

Após o tempo de ação (em torno de 15 a 20 minutos), deve-se lavar os cabelos de modo habitual, evitando água em temperatura muito elevada, que pode aumentar a ação de hipersecreção das glândulas sebáceas. A média de tratamento é de dois meses mas pode variar conforme cada caso, por isso a indicação de acompanhamento do profissional de saúde estética de tempos em tempos, a partir de critérios que ele mesmo irá estabelecer para a avaliação.

Então chega de sofrer com a oleosidade nos cabelos. Agora é hora de exibir fios soltos, sedosos e, principalmente, saudáveis. E nossa dica de produtos para esses resultados são:

Argila Enriquecida Pele Oleosa e Capilar, da Buona Vita.

Águas Duras – Água termal potencializadora, da Buona Vita

Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis.

Referências Bibliográficas
GOMES, Roseline K., GABRIEL, Marlene. Cosmetologia, descomplicando os princípios ativos. Ed. LMP, São Paulo, 2006.
PERETTO, Iracela C. Argila. Editora Paulinas.