Máscara de ouro – a cara da riqueza na estética

09/03/2017

As máscaras fazem parte de uma etapa importante dos protocolos estéticos. Além de serem consideradas como um acabamento dos tratamentos, dependendo dos ativos cosméticos de sua formulação, elas terão uma função específica que vai atuar na potencialização dos produtos aplicados anteriormente, proporcionando resultados ainda mais eficazes. Uma das possibilidades, por exemplo, é intensificar efeitos lifting em tratamentos de rejuvenescimento.

Quando falamos da máscara de ouro, um dos primeiros fatores que vem à mente é trazer glamour ao tratamento estético em questão. Porém, mais do que a sofisticação das joias e a preciosidade a que remete esse ingrediente, quando se escolhe um cosmético, deve-se estar atento à sua formulação e aos ativos cosméticos presentes na composição do produto, para que estejam de acordo com o tratamento proposto e, principalmente, para que ofereça os resultados esperados.

Conheça duas indicações bárbaras de máscaras de ouro que são a cara da riqueza.

Máscara de ouro Vita D Mask, da Buona Vita – Tem como função promover ação revitalizante, hidratante e iluminadora para todos os tipos de peles, em especial as maduras e desvitalizadas. O Ouro Nanoativo presente na máscara, quando aliado ao colágeno, Vitamina C, Ácido Hialurônico, Polissacarídeos de Algas, Licorice, Peptídeos de Aveia, Óleo Essencial de Rosa e Extrato de Scutellaria, faz com que o produto propicie incrível sensorial refrescante, deixando a pele macia e hidratada, além de estimular a liberação de beta-endorfinas, que conferem sensação de relaxamento. Seus ativos nutritivos promovem intensa hidratação e combate aos sinais do envelhecimento, contribuindo para a redução da aparência dos poros, clareamento de manchas e melhora da firmeza e textura da pele. A máscara apresenta o formato do rosto, sendo de fácil aplicação.

A presença do ouro nesse produto tem ainda como finalidade favorecer o equilíbrio das funções bioquímicas através da troca de minerais, essenciais para o bom funcionamento celular. Promove estímulo do metabolismo e aumento da função energética das células, hidratação, revitalização e desintoxicação, melhorando a aparência da pele, deixando-a luminosa, hidratada, com viço, radiante e revitalizada, resultando em uma pele rejuvenescida. A Vita D Mask conta ainda com a Acqua Gold – água com ouro nanoativo, rica em nutrientes – na qual a máscara vem imersa, sendo possível utilizá-la para estender o tratamento às regiões de pescoço, colo e mãos.

Máscara de Ouro Stone Gold, da linha B. Mask, da Buona Vita – indicada para todos os tipos de pele, especialmente as maduras e desidratadas, essa máscara de textura gel especialmente desenvolvida para combater os efeitos do tempo promove efeito lifting. Vem enriquecida com Ácido Hialurônico, que promove hidratação instantânea e aspecto aveludado. É ideal para quem deseja melhorar o tônus e a aparência geral da pele, deixando-a mais clara, sedosa e hidratada, reduzindo rugas e linhas de expressão, resultando em pele firme, luminosa e jovem.

Sua fórmula conta ainda com o Vederine, um ativo inovador também conhecido como Vitamina D Like, que promove na pele os benefícios da Vitamina D, restaurando as funções dos seus receptores lesados pelo processo de envelhecimento. O ativo estimula mecanismos que aceleram a recuperação da barreira cutânea e a sua renovação. Com isso, promove efeito de reestruturação da pele, promovendo melhora da sua estrutura e dos contornos faciais. Para completar, traz também o Quiditat, um bioativo à base de água de coco verde integral, rico em aminoácidos e sais minerais, que confere ação hidratante e estimuladora dos fibroblastos, aumentando o nível de colágeno na pele.

Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis.