Que tal um detox capilar com tratamento estético?

30/03/2017

A gente sabe o quanto a beleza dos cabelos influencia na autoestima, tanto de mulheres quanto de homens, e como é importante mantê-los sempre em dia para estar de bem com a própria imagem. Se você faz parte desse time, também vale a pena conferir algumas dicas que já publicamos aqui no blog para promover cabelos mais fortes, volumosos, bonitos e saudáveis (clique aqui – aumente o volume….) e a sugestão do uso da máscara de argila para quem sofre com os cabelos oleosos (clique aqui – máscara de argila…).

E nossa sugestão de hoje é um passo a passo que faz um verdadeiro detox capilar, promovendo uma limpeza profunda do couro cabeludo, retirando inclusive resíduos químicos. Ele é indicado para todos que desejam esse efeito, inclusive para quem sofre com seborreia, caspa intensa e alopécia por excesso de oleosidade. O resultado são fios mais sedosos e saudáveis. Confira.

  1. Aplique o Desincruste Buona Vita em todo o couro cabeludo (fazendo fricção por mechas) ou fazer uso de aparelho na função desincruste (também trabalhando por mechas) por 5 minutos na polaridade negativa (-) e 5 minutos na polaridade positiva (+) com algodão embebido em Águas Duras Buona Vita.
  2. Fazer uso do Peeling Buona Vita por todo o couro cabeludo, com massagem intensa, para retirar as crostas de caspa existentes.
  3. Preparar a Argila para Pele Oleosa e Capilar Buona Vita com as Águas Duras Buona Vita, deixando-a numa consistência mais líquida. Aplicar por todo o couro cabeludo (por mechas), em seguida fazer uma massagem manual por aproximadamente 10 minutos.
  4. Aguardar secar (aproximadamente 15 minutos), lavar todo o cabelo com shampoo adequado ao tipo do cabelo do cliente, aplicar condicionador nas pontas dos fios.
  5. Secar o cabelo com secador, evitando dirigir o calor para o couro cabeludo.
  6. Aplicar alta frequência (com eletrodo pente) por todo o couro cabeludo e fios de cabelo (para hidratá-lo) por 10 minutos.
Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis.