Você usa produtos vencidos? E a clínica que você frequenta?

13/04/2017

Nosso assunto de hoje já traz no título uma pergunta super importante: você usa produtos vencidos? A gente espera que a resposta seja não. O problema é que muitas pessoas cuidam da validade dos alimentos, por exemplo, mas esquecem de dar aquela olhadinha na validade do produto cosmético e da maquiagem, que às vezes fica lá, guardadinha no armário, quase esquecida. Nós já falamos várias vezes aqui no blog sobre a importância de ficar de olho e sempre conferir a validade do produto que você utiliza (clique aqui para ver nossas dicas), inclusive sobre a importância de acompanhar também a validade de um produto após ele ter sido aberto, ou seja, depois de já ter começado a usá-lo. Se você ainda não conhece, não esquece de clicar ali no link e dar uma espiadinha também nos produtos que você tem em casa.

Só que o nosso alerta de hoje, em especial, é um pouquinho diferente. Uma notícia recente, veiculada na mídia, nos levou a abordar novamente esse assunto aqui com vocês, nossos leitores. Analise a situação: você escolhe com cuidado todos os produtos que usa em casa, escolhe cosméticos seguros, lê sempre o rótulo para ter certeza que ele é o mais adequado para o seu caso e está sempre de olho na validade, se nenhum está oferecendo risco por já ter passado do prazo. Mas, e os produtos que os profissionais utilizam nas clínicas de estética e salões de beleza que você frequenta, você se preocupa com essas informações tão importantes?

O caso que nos levou a convidá-los para essa reflexão aconteceu agora, no mês de março, em São Paulo. Em vistoria realizada pelo Procon na capital paulista, foram encontradas irregularidades em todos os locais vistoriados (veja a notícia completa aqui). A própria equipe de fiscalização ficou surpresa com os casos encontrados, que incluíam o uso de produtos com validade vencida, oferecendo riscos à saúde dos clientes.

Por isso fique de olho sempre: nos produtos que você tem em casa e nos que são utilizados em você nesses outros estabelecimentos. O creme que o profissional está usando em seu tratamento estético está dentro da validade? As condições de manuseio e conservação do produto estão sendo preservadas? O cosmético que está sendo utilizado é realmente o da marca que mostra na embalagem ou pode ter sido trocado por outro de qualidade inferior? Vários fatores influenciam o tratamento e a obtenção de resultados eficazes e com segurança para a saúde do cliente e do profissional. Vale a pena se informar. E fica nossa dica: escolha sempre produtos e profissionais de confiança.

Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis.