Você sabe o que é epigenética e porque ela é importante para a estética?

29/06/2017

Muitas vezes os problemas inestéticos são associados à herança genética ou hereditariedade, pois os genes são responsáveis por passar as características de pais para filhos.

Para compreender melhor esta questão com relação à estética, podemos utilizar o caso da calvície que acomete o avó, o pai e o filho. Devido à hereditariedade, esses vários indivíduos de uma mesma família apresentam essa condição em comum.

É assim também com a cor dos olhos, a cor e o tipo de cabelos, a cor da pele, a estatura, o tipo sanguíneo, entre outras características físicas, estéticas e até mesmo com relação ao desenvolvimento de doenças.

Mas, você sabia que existe outro fator que pode influenciar grandemente no surgimento de problemas estéticos?

É a epigenética, ou seja, os nossos hábitos cotidianos.

Vamos tentar explicar melhor.

Epigenética são as modificações nos genes não herdadas. Há evidências científicas de que os hábitos de vida e o ambiente social em que uma pessoa está inserida, pode modificar o funcionamento dos genes, e essas mudanças epigenéticas podem ser passadas para até duas gerações.

Por exemplo, uma pessoa que não tem tendência genética ao envelhecimento cutâneo precoce, acaba por desenvolver essa alteração estética mais precocemente devido ao fumo, ao consumo excessivo de bebidas alcóolicas, à exposição solar em demasia ou mesmo ao estresse.

Ou ainda, aquela pessoa que não tem tendência a engordar, pode desenvolver essa característica pelos maus hábitos de alimentação e falta de exercícios físicos.

Ou seja, a genética não é a única responsável pela nossa aparência. O estilo de vida que levamos influencia muito na nossa beleza. Por isso, é importante levar em conta os hábitos dos seus clientes para preparar um atendimento exclusivo e personalizado, o que faz toda a diferença.

Quer saber mais sobre isso? Leia o texto 8 benefícios da epigenética para sua beleza.

Fontes:
http://revistacarbono.com/artigos/03-epigenetica-e-memoria-celular-marcelofantappie/
http://blog.buonavita.com.br/index.php/2015/10/08/tratamentos-com-base-em-genetica-e-epigenetica/