Como saber se um cosmético faz mal

19/01/2017

Veja como identificar se um cosmético é nocivo e conheça os principais ingredientes que devem ser evitados nesses produtos, seja você alérgico ou (ainda) não

Algumas pessoas não se dão conta do quanto é sério esse assunto que vamos falar hoje. Para dar um exemplo bem claro de como funciona na prática a escolha de um produto cosmético baseado nos ingredientes de sua fórmula, costumamos fazer uma comparação com os casos de alergias alimentares. Quem sofre com esse problema conhece muito bem os riscos e efeitos negativos de se ingerir um ingrediente que não é bem aceito pelo seu corpo. As sensações podem ser diferentes conforme o caso, mas uma coisa é certa: não se deseja isso a ninguém.

Com os ingredientes presentes nos cosméticos acontece o mesmo, porém, assim como na alimentação, sabemos que algumas substâncias fazem mal, ainda que você não seja alérgico, tenha alguma intolerância ou reação imediata. Gorduras e açúcares em excesso, a longo prazo, farão mal ao organismo, isso é comprovado e o consumo moderado, dentro de uma alimentação equilibrada e com nutrientes adequados, é defendido por centenas de médicos. Então por que com os cosméticos seria diferente?

Algumas substância presentes nos produtos de higiene e beleza não são, digamos, compatíveis com a nossa pele, como o óleo mineral, por exemplo, não funcionando como nutriente (Leia mais sobre Bases Cosméticas e sua influência nos resultados estéticos aqui ). Esses ingredientes que fazem mal, também conhecidos pelo nome de xenobióticos, costumam estar presentes em muitas formulações, inclusive de marcas famosas, mas trazem efeitos nocivos e adversos.

E acredite: mesmo que a pessoa não apresente sintoma algum no momento, a longo prazo, os efeitos nocivos desse tipo de substância presente nos cosméticos podem sim aparecer, inclusive sob a forma de sensibilidade e alergias. De acordo com a Dra. Loraine Landgraf, médica especialista em Alergia e Imunologia, a alergia só se desenvolve após um tempo de contato com determinada substância, tempo esse que pode ser variável. Por isso algumas pessoas passam anos utilizando um cosmético, sem nunca apresentar sintoma adverso, mas em um dado momento ele pode aparecer. Já em outros pacientes os sintomas se manifestam pouco tempo após o contato. O mais importante, segundo a médica, é trabalhar com dois tipos de prevenção: a primária e secundária.

Então, para identificar se um cosmético tem substância nociva, a melhor forma é ficar muito atento ao rótulo e à descrição dos ingredientes na composição desse produto. Porém, geralmente, eles aparecem sob o formato de INCI Name, um tipo de nomenclatura padrão que utiliza um sistema internacional de codificação para todos os ingredientes presentes na fórmula. (Leia mais sobre INCI Name)

Mas, como saber quais deles fazem mal?

Para facilitar o seu entendimento e a localização no rótulo dos produtos, fizemos uma lista com as principais substâncias nocivas presentes nos cosméticos e que devem ser evitadas. Confira aqui as Substâncias Nocivas em Cosméticos.

Abaixo, veja um exemplo real e identifique você mesmo as substâncias prejudiciais nos produtos não indicados:

nao_pode

pode

Prevenção de estrias na gestação

17/01/2017

imagem-inicial

Dentre as alterações inestéticas que surgem na fase da gestação a estria é uma das que mais preocupam as mulheres.

Essas lesões estão ligadas ao aumento de peso, fazendo com que a pele sofra estiramento, principalmente na região do abdômen, mamas e glúteo. Também pode ser ocasionada devido à distúrbios hormonais.

É necessário que as gestantes busquem auxílio logo no começo da gravidez, para realizar procedimentos de prevenção. Caso já tenham surgido as estrias, tratamentos mais eficazes só poderão ser realizados após a gestação e amamentação. Em ambos os casos, é importante também sempre um médico de confiança para liberação.

Lembre-se sempre de prezar pela segurança da gestante, utilizando apenas cosméticos com bases biocompatíveis e sem xenobióticos. Saiba mais sobre esse tema na matéria Cuidados estéticos durante a gestação.

Passo a passo prevenção de estrias no abdômen

1. Acomode a gestante de forma confortável, elevando a região do dorso em 30° a 45° dependendo da idade gestacional.

passo-1

2. Faça a higienização das suas mãos e da região de aplicação do protocolo com Higisystem

passo-2

3. Aplique o peeling mecânico em todo o abdômen com movimentos circulares até a formação de rollins (efeito gomagem). Retire o restante do produto com bandaletes umedecidas em água e aplique a loção tônica para equilibrar o pH da pele.

passo-3

4. Prepare um blend de creme Bio Lift com Óleo de Rosa Mosqueta e aplique em todo o abdômen com manobras de massagem deslizante (do seu conhecimento) até absorção total do produto.

passo-4

5. Prepare a máscara corporal com 1 colher de sopa de Argila Lifting Corporal diluída em 4 colheres de sopa de Loção Hidratante, e aplique na área do protocolo.

passo-5

6. Envolva o abdômen com pvc para fazer a oclusão e cubra com um cobertor ou lençol. Aguarde 20 minutos e retire o filme.

passo-6

7. Finalize com óleo flan de sua preferência: relaxante, sensual ou estimulante.

passo-7

Obs: é importante que a futura mamãe faça a manutenção diária utilizando o creme Bio Lift com o Óleo de Rosa Mosqueta.

imagem-final

Descubra qual o seu tipo de pele

12/01/2017

Saiba como identificar as características que influenciam na estética do seu rosto e do seu corpo e escolha os cosméticos ideais para alcançar os melhores resultados

Pele oleosa, seca ou mista. Fototipo que pode variar do 1 ao 6, ou seja, das peles mais claras até as mais morenas. E ainda as queixas de alterações inestéticas que sempre variam bastante de uma pessoa para a outra: acne, envelhecimento, manchas na pele, entre outras. Isso se considerarmos apenas a área de face. Mas observar algumas características corporais também é importante para se chegar a escolha do melhor tratamento estético e do cosmético ideal para cada pessoa e cada caso: celulite, edema, flacidez, gordura localizada, estrias… a lista pode ser bastante extensa. E a opção de tratamentos e cosméticos pode ser igualmente ampla.

É aí que vem a dúvida: qual produto devo utilizar? Como obter os melhores resultados?

Conversar com um profissional de saúde estética é sempre uma boa saída. Ele pode explicar detalhes dos diferentes tratamentos e da ação cosmética em sua pele, de acordo com cada característica e alteração inestética apresentada.

Mas como a gente sabe que você é super ligada em assuntos de beleza e que adora conhecer novidades, montamos um guia prático, ilustrativo e interativo pra você conhecer melhor as características de sua pele. E o melhor, com a indicação de vários produtos super top que vão fazer bonito no seu dia a dia. Assim como você.

É só clicar e conferir:

Entenda sua pele – FACE Entenda sua pele – CORPO
pele corpo
Este material é de autoria de Buona Vita e está protegido sob a Lei de Direitos autorais. A sua reprodução total ou parcial é permitida, desde que na sua forma original sem qualquer tipo de adulteração ou alteração, sendo obrigatório a citação do nome do autor, sua obra e fonte de veiculação. O descumprimento destas condições ensejará ao infrator as penalidades cíveis e criminais cabíveis.

Página 20 de 72« Primeira...10...1819202122...304050...Última »