Peeling físico e beleza da pele: o que é e como fazer em casa

09/03/2020

Peeling físico e beleza da pele

O que é e para que serve o peeling físico?

Limpeza de pele é um procedimento muito buscado em clínicas de estética, e o peeling é uma etapa muito importante desse tratamento. Muito conhecido pelas mulheres que buscam as melhores maneiras de manter a beleza da pele em dia. 

O que é peeling?

O peeling é um termo cada vez mais procurado na internet, e que auxilia a manter a pele bonita e jovial. 

Peeling é um tratamento que visa a limpeza da pele, remoção de células mortas, a higienização dos poros e a renovação da pele. 

Peeling vem do inglês to peel, descamar. Isso porque a pele adota um aspecto como se estivesse descascando.

Desse jeito, após a aplicação do peeling, a pele aparenta ser nova. 

Existem diversos tipos de peeling, e com certeza você já ouviu falar de alguns. São eles peeling físico, peeling químico, peeling enzimático e peeling mecânico. 

Esse blog post trata sobre o peeling físico, mas você pode conhecer outros tipos de peeling fazendo o download do e-book Tipos de Peeling abaixo.

Ebook sobre Guia do Peeling

Peeling físico

O peeling físico é o tipo mais comum e mais utilizado de peeling em casa. Se trata de um peeling no qual você apenas precisa de um creme esfoliante. 

Provoca a limpeza da pele e dos poros através de microesferas presentes nos cremes. Essas microesferas arredondadas propiciam a remoção das células mortas sem machucar a pele ou os poros. 

Polietileno

Os cremes esfoliantes encontrados no mercado costumam ter suas esferas a partir de um material chamado de polietileno. Esse material plástico pode causar danos ao meio ambiente, pois ao ir para a rede de esgoto, acaba nos mares e rios. 

Por isso, sempre utilizamos esferas vulcânicas em nosso peeling, um material biodegradável que não prejudica o meio ambiente.

Peeling com ingredientes caseiros e alimentos

Se você fizer uma rápida busca na web, vai encontrar inúmeras receitas para fazer peeling em casa utilizando apenas ingredientes que estão na geladeira, como mel e açúcar

Essa prática não é aconselhada, porque esses alimentos podem causar danos à pele. Diferente das microesferas em cremes esfoliantes, os grãos nos alimentos possuem formatos variados e desregulares, provocam mais danos do que benefícios. 

Como fazer o peeling físico em casa

Como aplicar peeling físico

Para aplicar o peeling físico em sua casa, antes de tudo é importante limpar a pele. Utilize um sabonete ideal para o seu rosto, e seque bem após lavar. 

Aplique uma quantidade do creme Peeling suficiente para o rosto e faça movimentos circulares, espalhando o creme pela pele. Faça o movimento por alguns minutos, até que o creme fique bem arenoso e seco. Esse é o efeito gomagem, que auxilia a limpar a pele. 

Remova o creme do rosto com água e seque a pele. 

Acabou? Ainda não. Uma etapa muito importante para a beleza da pele estar completa após a aplicação do peeling é equilibrar o pH da pele. 

Com a aplicação do peeling, o pH da pele fica desregulado e os poros ficam abertos. É importante que o pH seja regulado para que os poros sejam fechados e continuem protegidos. 

Manter os poros abertos traz problemas para a saúde e beleza da pele, uma vez que sujeiras e bactérias entram facilmente nas cavidades, causando acne, irritações e outras alterações inestéticas. 

Para fazer isso, você precisa de uma Loção Tônica com ação suavizante, refrescante, hidratante e calmante.

Gostou desse texto? Leia também Como clarear virilhas escuras com peeling químico. 

 

Quais são os tipos de fatores de crescimento? Conheça as indicações

02/03/2020

Tipos de fatores de crescimento.

Os fatores de crescimento são moléculas de proteína com capacidade de se unirem às membranas celulares, provocando reparação e cicatrização da pele. 

Esses ativos são utilizados na área médica, mas estão cada vez mais no dia a dia de quem trabalha com saúde estética. Você pode saber mais sobre as aplicabilidades dos fatores de crescimento na estética aqui.  

Tipos de fatores de crescimento

Os fatores de crescimento podem ser divididos em algumas categorias, cada uma para tratamentos e objetivos diferentes

Conheça os tipos de fatores de crescimento. 

EGF ou Fator de crescimento epidermal

O fator de crescimento epidermal proporciona uma proliferação de grande variedade de células, auxiliando em processos de renovação e uniformidade da pele

Indicado para:

Estrias

Manchas pós-inflamatórias de acne ou foliculite 

Anti-idade

Hidratante 

Reparo do tecido

Conheça alguns de nossos dermocosméticos com EGF aqui. 

bFGF ou Fator de crescimento fibroblástico básico

Estimula síntese de glicosaminoglicanas. Trabalha fortalecendo as fibras de colágeno, prevenindo rugas e linhas de expressão.  

O fator de crescimento fibroblástico básico também pode agir na prevenção de queloides e cicatrizes. 

Indicado para:

Rugas e linhas de expressão

Crescimento capilar

Fortalecer linhas de colágeno

Prevenção de cicatrizes

Conheça alguns de nossos dermocosméticos com bFGF aqui. 

VEGF ou Fator de crescimento vascular

O fator de crescimento vascular recupera o tecido recém lesionado, estimulando a angiogênese. 

Angiogênese é a estimulação do crescimento de novos vasos sanguíneos, e é relacionada à cura do tecido. 

Indicado para:

Crescimento capilar

Nutrição do folículo capilar

Aumentar a espessura dos fios

Pode ser utilizado nos cabelos, sobrancelhas e cílios

Conheça alguns de nossos dermocosméticos com VEGF aqui.

IGF ou Fator de crescimento insulínico

O fator de crescimento insulínico age como um potente cicatrizante. Além disso, pode ser utilizado para a beleza da pele com ação anti-idade. 

Indicado para:

Prevenção de queloides

Tratamento de rugas e flacidez

Reduz gordura facial e corporal

Reverte a atrofia dos folículos e acelera o crescimento capilar

Conheça alguns de nossos dermocosméticos com IGF aqui. 

Além dos fatores de crescimento citados, também existem o aGFG (fator de crescimento fibroblástico ácido) e o TGFb3 (fator de crescimento transformador), muito utilizados pela medicina e biomedicina. 

Gostou desse texto? O que acha de conferir nossa linha de dermocosméticos com fatores de crescimento?

Fatores de crescimento em dermocosméticos

Mercado de beleza: 7 motivos para investir e ganhar dinheiro nessa área

18/02/2020

Mercado de beleza em ascensão.

O mercado de beleza está em ascensão, e pode ser uma oportunidade para muitos.

Se você está buscando uma oportunidade de ganhar dinheiro, o mercado de beleza pode ser a aposta correta. Hoje, a área de revenda de cosméticos cresce a cada dia e emprega mais 4 milhões de pessoas no Brasil. 

Confira 7 motivos para investir no mercado de beleza. 

1. Renda extra

Você está empregado mas, como várias outras pessoas, ainda busca uma oportunidade para maior crescimento financeiro? É bom considerar o mercado de beleza. 

A venda direta de dermocosméticos movimenta o mercado há anos, e várias pessoas fazem a até a carreira nesse ramo. Pode ser uma excelente oportunidade de ganhar aquele dinheiro extra que deixa todo mundo mais tranquilo.

2. Sem crise

Ao contrário do que se esperava há alguns anos, o olhar para o mercado de beleza é muito positivo. O setor ignorou o cenário econômico nacional e quase dobrou o seu faturamento nos últimos 5 anos. Parece um cenário de crise para você?

3. Flexibilidade

Flexibilidade no mercado de beleza.

Imagina como seria trabalhar sem precisar bater o ponto. Nesse trabalho, você faz o seu próprio horário. E esse é um dos diferenciais que chama cada vez mais pessoas para esse setor. 

Outro diferencial é que o seu negócio pode acontecer em qualquer lugar: durante o seu trabalho no dia a dia, na viagem de Uber ou em um passeio no parque. Você decide sua própria oportunidade.

4. Economia

Quando você participa de um clube de vantagens, um programa de vendas diretas, você possui descontos quando for realizar suas recompras.

A grande sacada aqui não é só o desconto que você tem participando desse tipo de programa, mas o preço que você comercializa os produtos. Depois de aproveitar o desconto e fazer a sua compra, você revende pelo preço que quiser ou acreditar ser interessante para você.

5. Consumo próprio

Além de aproveitar a renda extra de suas vendas, você também pode escolher por consumir os produtos que você comercializa. 

Essa opção é especialmente interessante se você já possui uma clínica de estética, por exemplo. Assim, você economiza ao comprar os produtos e pode utilizar em seus próprios protocolos. 

6. Terceiro maior consumidor

Talvez seja o clima tropical, o calor ou a cultura. O fato é que o Brasil é o 3º maior consumidor do mercado da beleza, ficando atrás apenas de duas potências: Estados Unidos e Japão. 

Mas o que isso quer dizer? Que você está no lugar certo para investir nesse setor. 

7. O brasileiro é vaidoso

Esse ponto é um reforço do anterior, mas que precisa ser falado. O que você faz quando levanta pela manhã, antes de sair de casa e ir trabalhar? Provavelmente arruma o cabelo e o rosto, não é?

Sim, o brasileiro é vaidoso. Todos queremos nos sentir bem com nós mesmos, e a beleza é o caminho mais curto e rápido para isso. 

Para você ter ideia, a mulher brasileira costuma utilizar ao menos 18 cosméticos por dia, somando tudo: sabonete, shampoo, desodorante, protetor solar, cremes hidratantes, etc. 

Agora que você conhece todos esses motivos para entrar no mercado de beleza, o que acha de conhecer o nosso clube de vantagens? Venha ser um Skin Lover e aproveitar todas as vantagens desse programa. 

SKin Lovers, programa de vendas no mercado de beleza