6 passos para manter a biossegurança em sua clínica de estética

19/03/2020

Como prevenir o coronavírus

O que fazer para manter a Biossegurança nas clínicas?

O Brasil e o mundo estão enfrentando um novo inimigo invisível. O Coronavírus, causador da Covid-19, começou em dezembro do ano passado, na cidade de Wuhan, na China. 

O que antes parecia muito distante, hoje já está no Brasil. E todos temos o nosso papel para prevenir o contágio e a proliferação da doença. Entenda agora como manter a biossegurança e evitar a proliferação de doenças em sua clínica de estética.

Como manter a biossegurança em sua clínica

Muitas das ações que vamos listar aqui todos os profissionais da saúde estética deveriam adotar para seu dia a dia no trabalho. 

São os chamados EPI’s, Equipamentos de Proteção Individual. Vamos lá.

1. MáscaraMáscara descartável para prevenção do coronavírus.

Se você utiliza EPI’s, máscaras não são novidade, e devem sempre estar presente dentro das clínicas. 

Entre as formas de transmissão do vírus, a principal são pelas gotículas de saliva liberadas durante tosses e espirros. Portanto, o uso da máscara é imprescindível.

Máscaras protegem do contágio? Não. As máscaras evitam que o vírus seja espalhado através de tosses e espirros do usuário da máscara. Porém, outros orifícios ficam desprotegidos, como é o caso dos olhos. 

Na rua, quem precisa usar máscaras? Apenas pessoas contagiadas ou com sintomas da doença

2. Jaleco

Outro acessório muito importante para biossegurança e proteção é o jaleco. Seus clientes podem usar diversos meios de transporte para chegar até sua clínica: carro, ônibus ou rua. O jaleco, que deve ficar estritamente limitado ao ambiente de clínica, evita que você leve microrganismos nocivos para dentro de casa.

3. Luvas descartáveis

Usar luvas descartáveis auxilia a evitar o coronavírus

Muito do trabalho realizado pela esteticista é feito utilizando as mãos. Porém, nossas mãos tocam em muitas superfícies que carregam sujidades, bactérias e podem conter vírus. 

Por isso, acabamos carregando tudo isso conosco, seja na pele das mãos ou debaixo das unhas. A melhor forma de não levar isso até nossa cliente é com a utilização de luvas.

Para ter um cuidado extra, é importante fazer a antissepsia das mãos antes de colocar as luvas, até como fazer a antissepsia das mãos da cliente também.

O Higisystem é um fluido ideal para a higienização da pele. Você pode utilizá-lo antes de aplicar um procedimento, porém ele também funciona como um antisséptico, bactericida, antifúngico e hidratante

O Higisystem contém Clorexidina, um ativo antisséptico que auxilia na profilaxia, ou seja, nas medidas preventivas. 

Nesse momento, você pode adquirir o Higisystem em uma promoção. Adicione 3 Higisystem no carrinho e o terceiro sai completamente de graça

Clique na imagem abaixo para conhecer o produto e aproveitar a promoção enquanto ainda dá tempo. 

Banner sobre Higisystem

4. Touca

Pode não parecer, mas nosso cabelo também pode carregar muitas sujidades. E seu uso é indispensável para a saúde estética.

5. Assepsia do ambiente e materiais

Falamos sobre você e seus EPI’s. E a clínica?

A ambientação precisa de cuidados para que fique segura para você e seu cliente. A assepsia do ambiente pode ser feita com álcool 70% líquido, para a limpeza de superfícies.

Outro fator tão importante quanto a assepsia da clínica é a esterilização dos materiais e acessórios que você utiliza em seus atendimentos. Você pode utilizar uma autoclave para realizar esta limpeza ou mandar os materiais para uma empresa especializada em esterilização. 

6. Converse com o cliente

No momento que vivemos, todo cuidado é pouco. Para evitar o contágio do Coronavírus, o diálogo é muito importante. 

Se seu cliente estiver com sintomas de gripe, por exemplo, procure remarcar a sessão para outra data. O mesmo vale para você. 

Quando receber o cliente em clínica, ofereça o Higisystem para a antissepsia das mãos, e tome todas as precauções que conversamos acima. 

Assim, todos fazemos nossa parte na luta contra o Coronavírus.

Gostou desse texto? Saiba mais sobre biossegurança clicando em Biossegurança na Estética.

Espinhas na gravidez – é normal? Por que acontece? O que fazer?

16/03/2020

Acabe com espinhas na gravidez

As espinhas na gravidez são algumas das mudanças que mais intrigam as mulheres que estão muito perto de cuidar de uma nova vida. E se você pensou que a acne faz parte apenas da adolescência da mulher, pode se surpreender. 

É normal ter espinhas na gravidez?

Durante a gestação, o corpo da mulher sofre muitas alterações para se adaptar ao seu bebê. E muitas dessas alterações são hormonais.

Manchas e estrias são muito indesejadas, mas toda gestante já conhece os riscos dessas alterações. Porém espinhas na gravidez são completamente normais, e podem acontecer em outros lugares além da pele do rosto. Costas e busto também podem ser afetados.

Mas o que acontece?

Os hormônios estão à toda velocidade nesse momento. Com a crescente produção de progesterona, um dos efeitos colaterais é o excesso de oleosidade. 

Quando os poros ficam com excesso de sebo significa que estão abertos, expostos. Isso facilita a absorção de sujeira e microrganismos que causam a inflamação.

Com o excesso de oleosidade e sujeira na pele, fica mais fácil entender porque ter espinhas na gravidez é normal.

O que fazer para evitar espinhas na gravidez?

Existem algumas atitudes que você pode tomar para evitar as espinhas durante a gestação. São escolhas fáceis e que podem ajudar muito a beleza de sua pele. 

Beba água

Beber água é importante em qualquer etapa da vida, e durante a gravidez não é diferente. As mulheres gestantes devem seguir consumindo de 1,5 a 2 litros d’água por dia. E isso também tem relação com a beleza da pele. 

Sem o consumo da água, os poros da pele adotam um aspecto ressecado. Desse jeito, dificulta a remoção do sebo de dentro dos poros, que fica retido e pode causar inflamação. O resultado disso tudo é a acne.

Controle a oleosidade (de maneira correta)

Pele oleosa pode causar espinhas na gravidez

Não são apenas as peles oleosas que apresentam acne. Mas se sua pele é oleosa, é possível reduzir essa característica. 

Utilize um sabonete facial ideal para seu tipo de pele. Porém é necessário fazer isso de forma correta, sem exageros. Lavar demais a pele pode causar um efeito rebote, aumentando a oleosidade, prejudicando a beleza e a saúde da pele.

Use um hidratante

Se você acha que pele oleosa não precisa de hidratação, é melhor rever os seus conceitos. A pele oleosa, assim como todas as outras, também precisa de hidratação para se manter saudável e bonita. 

Apenas remover a oleosidade da pele não é suficiente para evitar a acne. Além de remover a oleosidade da pele, é importante hidratá-la para que seja possível ter uma pele equilibrada evitando o ressecamento e a desidratação, que podem causar manchas e outras sequelas de acne.

Evite maquiagem

Todos queremos estar bonitos e nos sentirmos bem. Porém, quando a pele é acneica, manter o rosto limpo é muito importante. 

A maquiagem deixa os poros fechados, tamponados pelos produtos e formando novas espinhas. Principalmente dormir com maquiagem está fora de questão.

Não encoste as mãos no rosto

É difícil, mas é algo que todos deveríamos tentar. 

Nossas mãos são repletas de sujeira e bactérias, e encostar em nosso rosto apenas leva a sujidade até o rosto. Esse ato pode ser ainda pior se a pele já estiver com acne ativa, elevando as chances de inflamação.

Estou grávida. Posso usar dermocosméticos para evitar as espinhas?

Uma dúvida muito comum entre as novas gestantes é “quais cosméticos posso utilizar”?

Dermocosméticos podem ser utilizados por gestantes sim, porém com cautela. Parabenos, por exemplo, são extremamente proibidos para gestantes. O mesmo acontece com óleo mineral e alergênicos. 

Por isso, criamos um passo a passo para que você possa evitar a acne durante a gravidez e manter a beleza e saúde da pele.

1º – Emulsão de limpeza

Esse produto multifuncional pode ser utilizado para limpeza de pele com ação demaquilante. Remove as células mortas da pele e as impurezas. 

2º – Peeling

O Peeling é um creme esfoliante para uma pele mais alva e luminosa. Oferece o efeito rolling, e remove as impurezas da pele, desobstruindo os poros. O Peeling pode ser aplicado até duas vezes na semana. 

3º – Loção Normalizadora

A Loção Normalizadora é uma loção secativa e um antisséptico. Restabelece o pH da pele oleosa, acneica e seborreica. Auxilia na redução da abertura dos poros. 

4º – Mandepeel

Esfoliante que contém 10% de ácido mandélico. Desse jeito, higieniza, revitaliza, clareia a pele e trata a acne. 

5º – Hidra Milk Sun

O Hidra Milk Sun é um protetor solar que bloqueia raios UVA, UVB e ainda evita os danos causados pela luz visível. Minimiza o entupimento dos poros e tratam a flacidez da pele. Ainda contém Niacinamida e antioxidantes que evitam o envelhecimento precoce. 

O Hidra Milk Sun, além de protetor, funciona como um hidratante da pele.

Gostou desse texto? Você também pode se interessar por Qual é o melhor creme para evitar estrias na gravidez?

Peeling físico e beleza da pele: o que é e como fazer em casa

09/03/2020

Peeling físico e beleza da pele

O que é e para que serve o peeling físico?

Limpeza de pele é um procedimento muito buscado em clínicas de estética, e o peeling é uma etapa muito importante desse tratamento. Muito conhecido pelas mulheres que buscam as melhores maneiras de manter a beleza da pele em dia. 

O que é peeling?

O peeling é um termo cada vez mais procurado na internet, e que auxilia a manter a pele bonita e jovial. 

Peeling é um tratamento que visa a limpeza da pele, remoção de células mortas, a higienização dos poros e a renovação da pele. 

Peeling vem do inglês to peel, descamar. Isso porque a pele adota um aspecto como se estivesse descascando.

Desse jeito, após a aplicação do peeling, a pele aparenta ser nova. 

Existem diversos tipos de peeling, e com certeza você já ouviu falar de alguns. São eles peeling físico, peeling químico, peeling enzimático e peeling mecânico. 

Esse blog post trata sobre o peeling físico, mas você pode conhecer outros tipos de peeling fazendo o download do e-book Tipos de Peeling abaixo.

Ebook sobre Guia do Peeling

Peeling físico

O peeling físico é o tipo mais comum e mais utilizado de peeling em casa. Se trata de um peeling no qual você apenas precisa de um creme esfoliante. 

Provoca a limpeza da pele e dos poros através de microesferas presentes nos cremes. Essas microesferas arredondadas propiciam a remoção das células mortas sem machucar a pele ou os poros. 

Polietileno

Os cremes esfoliantes encontrados no mercado costumam ter suas esferas a partir de um material chamado de polietileno. Esse material plástico pode causar danos ao meio ambiente, pois ao ir para a rede de esgoto, acaba nos mares e rios. 

Por isso, sempre utilizamos esferas vulcânicas em nosso peeling, um material biodegradável que não prejudica o meio ambiente.

Peeling com ingredientes caseiros e alimentos

Se você fizer uma rápida busca na web, vai encontrar inúmeras receitas para fazer peeling em casa utilizando apenas ingredientes que estão na geladeira, como mel e açúcar

Essa prática não é aconselhada, porque esses alimentos podem causar danos à pele. Diferente das microesferas em cremes esfoliantes, os grãos nos alimentos possuem formatos variados e desregulares, provocam mais danos do que benefícios. 

Como fazer o peeling físico em casa

Como aplicar peeling físico

Para aplicar o peeling físico em sua casa, antes de tudo é importante limpar a pele. Utilize um sabonete ideal para o seu rosto, e seque bem após lavar. 

Aplique uma quantidade do creme Peeling suficiente para o rosto e faça movimentos circulares, espalhando o creme pela pele. Faça o movimento por alguns minutos, até que o creme fique bem arenoso e seco. Esse é o efeito gomagem, que auxilia a limpar a pele. 

Remova o creme do rosto com água e seque a pele. 

Acabou? Ainda não. Uma etapa muito importante para a beleza da pele estar completa após a aplicação do peeling é equilibrar o pH da pele. 

Com a aplicação do peeling, o pH da pele fica desregulado e os poros ficam abertos. É importante que o pH seja regulado para que os poros sejam fechados e continuem protegidos. 

Manter os poros abertos traz problemas para a saúde e beleza da pele, uma vez que sujeiras e bactérias entram facilmente nas cavidades, causando acne, irritações e outras alterações inestéticas. 

Para fazer isso, você precisa de uma Loção Tônica com ação suavizante, refrescante, hidratante e calmante.

Gostou desse texto? Leia também Como clarear virilhas escuras com peeling químico.